Home » categoria "Receita" (Page 20)
Receita
Receita
Conheça a importância da Vitamina D
Você certamente já ouviu falar na vitamina D! Mas você sabe o que é? Ela é um hormônio esteroide fundamental para nosso organismo, pois controla 270 genes, até mesmo células cardiovasculares. Além disso, ela contribui para o sistema imunológico e ajuda na manutenção dos ossos. A falta desta vitamina em nosso corpo pode causar mais de dez tipos de câncer, entre outras doenças. Quer saber mais sobre esta substancia tão importante para nosso organismo? Então acompanhe o post de hoje e descubra como e porque se beneficiar dela!

Entenda mais sobre a vitamina D

Antigamente, acreditava-se que a vitamina D só poderia ser adquirida através da ingestão de determinados alimentos, por isso o nome “vitamina”. No entanto, com o tempo descobriu-se que na verdade ela é produzida por nosso próprio organismo, que é na verdade um hormônio. Mas para que tal produção seja estimulada, é preciso que haja exposição ao sol, pois somente os raios UVB (ultravioleta tipo B) são capazes de ativar a produção. Dentre todos os benefícios encontrados na vitamina D, podemos destacar:
  • Fortalecimento dos ossos: ela ajuda os ossos na absorção do cálcio;
  • Ajuda na gravidez: a falta dela durante a gravidez pode causar aborto e aumenta a possibilidade de autismo nas crianças;
  • Fortalece o coração: ela ajuda a bombear o sangue para o corpo e no controle das contrações do músculo cardíaco. Além disso, contribui para a produção de renina, hormônio regulador da pressão arterial;
  • Controla a diabetes: para que a produção de insulina no pâncreas aconteça normalmente, é preciso que os níveis de vitamina D estejam normais.
Fora isso, ela contribui para o aumento da força muscular. Sendo assim, é uma vitamina essencial para os praticantes de musculação.

Onde encontrar a vitamina D?

A exposição solar voltada para a produção de vitamina D deve acontecer sem o uso de filtro solar. Cerca de 20 minutos diários no sol já são suficientes. Para quem deseja consumi-la, alimentos como peixes (especialmente peixes como atum e sardinha), ovos, queijo cheddar e carne bovina são boas fontes. Apesar disso, o sol continua sendo protagonista! Cerca de 90% da vitamina D que o corpo recebe são fornecidas por ele. Há ainda a possibilidade de ser administrada como suplemento, mas somente em casos de deficiência ou tratamento de alguma doença.

Existem efeitos colaterais?

Sim! Há pessoas que usam suplementos de vitamina D em excesso, no entanto, esta atitude oferece alguns riscos. Se ela for ingerida em demasia pode causar o aumento da absorção de cálcio e com isso prejudicar os rins, que podem inclusive parar de funcionar. Além disso, esta concentração de cálcio no sangue pode acarreta na calcificação de vários tecidos do corpo. Por isso, é fundamental que você consulte um médico antes de iniciar uma suplementação em vitamina D. Somente um profissional qualificado poderá avaliar qual a dose indicada para cada caso. E então, você já conhecia todos os benefícios da vitamina D? Percebeu o quanto ela é importante para a prevenção de várias doenças? Depois de conhecer toda a sua importância, pense bem antes de fugir do sol: de agora em diante ele deve se tornar seu aliado! Conte para gente o que você achou sobre este artigo! E confira outras dicas sobre saúde e alimentação em nosso blog!

Continue lendo
Receita
Quais as diferenças entre os vários tipos de açúcar?
Inimigo das dietas e vilão na história de quem precisa emagrecer, o açúcar continua despertando vontade em quem gosta de um docinho. Muitos não conseguem ficar muito tempo longe dele. Hoje, se fala em muitos tipos de açúcar e, neste post, vamos explicar as diferenças entre eles. O que devemos ter em mente é que podemos utilizar o açúcar mesmo quando optamos por uma nutrição saudável, desde que comedidamente. Afinal, todos os tipos contêm calorias. O ideal é tentar obter o paladar doce de forma mais natural, consumindo frutas por exemplo. Vale lembrar, também, que a prática de exercícios físicos é fundamental porque eles contrabalançam o consumo do açúcar, tão rico em carboidratos. Mesmo com algumas calorias e outras restrições, nada como experimentar um docinho de vez em quando. Vamos ver a seguir, qual os tipos de açúcar que são melhores para o nosso organismo do que a versão mais conhecida, que é o açúcar branco.

Saiba quais são as opções mais saudáveis para sua alimentação

A maior diferença entre todos os tipos de açúcar está na cor e no processo de refinamento. Às vezes, nem são refinados e são esses aspectos que influenciar na sua composição nutricional. O açúcar refinado é prejudicial à saúde porque ele chega a perder cerca de 90% dos nutrientes durante o processamento. Se consumido em excesso, pode causar problemas na digestão e males como a diabetes, cáries e mais peso indesejado. A cor é um sinal importante. Quanto mais escuro for o açúcar, ele conserva mais os nutrientes já que não recebe tantos aditivos químicos em sua produção. Nesta linha, o açúcar de coco é rico em nutrientes, vitaminas e minerais e tem baixo índice glicêmico, com bom poder adoçante. Por isso, é considerado o mais saudável de todos. Em segundo lugar da lista, aparecem o açúcar mascavo, que é mais denso e com aporte nutricional mais completo, e o demerara. Este tem sabor semelhante ao açúcar cristal, mas é menos refinado. Como todos os açúcares pouco refinados são melhores que o branco, o demerara e o mascavo são indicados pelo menor grau de refinamento, mas eles contêm as mesmas calorias, só que causam menos danos à saúde.

Ferro, cálcio e até um adoçante natural

Outra excelente opção entre os açúcares refinados é o melado de cana porque contém bastante ferro e cálcio, além de apresentar altos níveis de antioxidantes. Também é bastante calórico e eleva o índice glicêmico. O mel cru, ou seja, não pasteurizado, tem a propriedade de conter enzimas que auxiliam nos processos metabólicos, São calóricos, porém intoxicam menos nosso organismo, mesmo tendo alto índice glicêmico. Não podemos deixar de citar a stévia, um adoçante natural. É o queridinho de quem faz dieta porque não tem calorias e adoça muito mais do que o açúcar branco. Por isso tudo é mais saudável. Tanto é que faz parte da dieta dos portadores de diabetes. E você? Tem alguma outra dica sobre o uso do açúcar? Compartilhe com a gente e não deixe de consultar o site http://www.honeybe.com.br/ para sua compra online de moda fitness!

Continue lendo
Receita
5 dicas para não perder o foco na dieta
Você vai à academia todos os dias, pratica os exercícios corretamente, se alimenta bem, bebe água, mas ainda assim está difícil perder aqueles quilinhos. Pode ser porque você anda escorregando na dieta vez ou outra, correto? Fique tranquila, isto é mais que normal. No entanto, se estas escorregadas acontecem com frequência, elas podem prejudicar – e muito – seus objetivos. Por isso, acompanhe nossas dicas de hoje e esteja preparada para enfrentar seu maior inimigo atual: a escorregada!

5 dicas para fugir das escorregadas

1. O que os olhos não veem o coração não sente

Este ditado super antigo vale também para a sua dieta! Por isso, não tenha em casa nenhum tipo de tentação alimentar. Livre-se de tudo que for perigoso para aquela “jacada” e na próxima ida ao supermercado, simplesmente não compre. Mantenha na dispensa e na geladeira somente aqueles itens que estão incluídos em sua dieta.

2. Querido diário…

Anote tudo o que você come. Tudo! Pode parecer besteira, mas quando você cria esse controle, acaba tendo mais consciência sobre sua alimentação diária e obviamente, sobre o que vai ingerir nas próximas refeições. Na hora da janta, você pode ter esquecido que já colocou uma colher na batata palha no prato do almoço, por exemplo. Relembrar este detalhe fará com que você repense sobre o que vai comer a noite. Para facilitar a tarefa você pode utilizar aplicativos no celular que funcionam como diários alimentares.

3. Falando em relembrar…

Crie uma lista com os motivos pelos quais você deseja perder peso. Por exemplo:
  • Ganhar autoconfiança
  • Vestir aquela calça jeans 38
  • Me sentir mais atraente para meu marido
  • Ir à praia sem sentir vergonha
  • Entre outros…
Depois de feita, posicione esta lista em um local que você veja sempre. Pode ser na porta da geladeira, no espelho do banheiro, um lembrete diário no celular… Reforçar estes motivos te dará ainda mais força para seguir em frente e manter o foco no objetivo.

4. Respire fundo

Você sabia que pode levar cerca de um mês para alguém morrer de fome? A sede mata muito mais rapidamente. Por isso, naquele momento do dia (que não é hora da refeição ou do lanche) que bate aquela fome do nada, respire fundo, tome um copo de água, faça uma curta caminhada para espairecer. É muito possível que isto seja ansiedade! E mesmo que seja uma fominha, você pode esperar até a próxima refeição. Ficar beliscando fora de hora pode dificultar a sua chegada no peso ideal.

5. Crie metas e recompensas

Que tal criar pequenos desafios para si mesma? Esta pode ser uma ótima maneira de se manter motivada e focada na dieta. Quer alguns exemplos? Desafio: Uma semana sem comer doces. Recompensa: Ida ao cinema com as amigas. Desafio: Duas semanas sem consumir álcool. Recompensa: Corte de cabelo novo. Desafio: Um mês sem fugir da dieta. Recompensa: Aquele sapato que você tanto queria. Você pode estipular como desafio aqueles pontos que mais tem dificuldade e como recompensa, coisas já vem desejando há um tempo. Mas fique ligada: não vale criar recompensas relacionas à comida e nem vale trapacear! Algumas atitudes são bem simples de serem seguidas e podem te ajudar bastante a não perder o foco ou escorregar na dieta. Por fim, lembre-se sempre de que manter o pensamento positivo auxilia em todos os objetivos. Sendo assim, mentalize sempre coisas boas e realizações! E você? Tem alguma outra dica para não escorregar na dieta? Compartilhe com as outras leitoras! E para compor seu look fitness, visite nosso site!

Continue lendo
Receita
Dieta ou Reeducação Alimentar: qual o melhor caminho?
Você conhece alguma mulher que não esteja querendo perder alguns quilinhos? Difícil não é? E nesta busca pelo corpo ideal muitas delas acabam apelando para dietas restritivas e malucas. O resultado pode até ser positivo por determinado tempo, mas o que geralmente ocorre é aqueles quilinhos perdidos voltarem. Mas, por que isto acontece? Porque somente com uma reeducação alimentar é possível eliminar a gordura de forma que ela não volte mais! Quer saber mais sobre este assunto? Então leia nosso post e entenda a real diferença entre dietas e reeducação alimentar.

Para começar: existem dois tipos de dieta:

Podemos definir a dieta como um período em que o indivíduo passa por alguma restrição alimentar para chegar a um objetivo: perder peso, diminuir colesterol, controlar as taxas de açúcar no sangue, entre outros. Para que seja efetiva, ela deve ser elaborada por um médico especialista – geralmente um nutricionista -, pois somente ele fará todos os exames necessários e poderá definir com exatidão qual a dieta ideal e mais eficiente para cada um. Em contra partida, existem as dietas da moda: dieta da batata doce, do shake, da sopa, dieta da lua… São opções de todos os tipos e para todos os gostos. O que acontece é que quando você ingressa em uma dieta “maluca” como estas, rapidamente seu corpo começa a perder gordura, afinal elas geralmente têm uma quantidade baixíssima de calorias diárias. Só que quando você encerra esta mesma dieta, instantaneamente seu corpo volta a ganhar peso, afinal é impossível manter uma alimentação normal com um valor calórico tão baixo.

E a reeducação alimentar?

Bom, quando uma pessoa inicia uma reeducação alimentar (RA), de certa forma podemos dizer que ela está entrando em uma dieta. Mas a RA é muito mais do que isso. Ela é o passo inicial para uma vida inteira de alimentação correta. É o início de uma nova consciência. Por este motivo ela possui um efeito muito mais duradouro: o objetivo não é cortar calorias mas sim, substituir alimentos por opções mais saudáveis. Com isso, a perda de peso acontece de forma gradativa, mas definitiva.

Como iniciar uma reeducação alimentar?

Uma das melhores alternativas é procurar um nutricionista, afinal, ele é a pessoa mais indicada para te ajudar neste processo e saberá exatamente quais são alimentos que devem ser cortados ou adicionados logo de cara. Mas, se você não tem condições de pagar por uma consulta agora, mas sente que precisa mudar seus hábitos alimentares, algumas dicas bem simples podem te ajudar a iniciar este processo de forma gradual:
  • Comece ingerindo mais frutas ao longo do dia (o recomendado é três porções);
  • Insira mais vegetais em suas refeições;
  • Diminua gradativamente o tamanho do prato e tente mastigar cada vez mais devagar;
  • Comece a substituir itens com trigo refinado pelos integrais, como o arroz, macarrão, pão…;
  • Diminua a quantidade de sal;
  • Diminua a quantidade de açúcar, doces e refrigerantes;
  • Evite o máximo que puder alimentos industrializados;
  • Ingira no mínimo 2 litros de água por dia.
São dicas bem simples e que não precisam ser adotadas de uma vez só, pelo contrário, faça uma mudança por vez. O lema de uma reeducação alimentar é “devagar e sempre”. Se você escorreu em um dia, não tem problema, pode recomeçar de novo amanha. Por isso chamamos de reeducação, porque quando você está educado a comer direito, não sentirá tentações ao ver uma barra de chocolate ou comerá algo extremamente calórico em uma refeição. Sem perceber, acabará sempre fazendo as melhores e mais saudáveis escolhas! E então, percebeu a importância da reeducação alimentar? Que tal começar a pensar com mais carinho sobre ela? E se você deseja ler outros artigos sobre saúde e alimentação, continue acompanhando nosso blog!

Continue lendo
Receita
5 lanches rápidos que não engordam
Uma alimentação saudável promove saúde, bem-estar e ajuda na perda de peso. Para isso, os especialistas recomendam que se faça cinco refeições por dia. Mas não adianta escolher qualquer alimento! É preciso fazer boas escolhas para garantir uma alimentação balanceada e saudável.
Além de optar por um prato saudável nas refeições principais, que são o café da manhã, o almoço e o jantar, é de extrema importância consumir alimentos saudáveis nos lanches entre as refeições. São esses lanches intermediários que mantém o metabolismo ativo e auxiliam na saciedade, diminuindo a fome das refeições principais. O ideal é que os lanches sejam feitos três horas após o café da manhã e almoço. Para não exagerar na escolha do que vai ser consumido no lanche, é preciso prestar atenção nas porções! Os lanches devem representar de 10 a 15% da energia total consumida para o dia. A recomendação da quantidade de energia necessária depende do nível de atividades físicas, idade e sexo. Uma consulta com um nutricionista pode ajudar a estabelecer a quantidade de calorias necessárias para manter ou perder peso.

5 ideias de lanches fáceis para manter a dieta

Lanche de ricota temperada com atum

Os sanduíches garantem saciedade, energia e são uma delícia! A ricota é uma ótima opção de queijo, pois tem pouca gordura e o atum, uma excelente fonte de proteínas, componente fundamental para a construção e manutenção dos músculos no organismo. Ingredientes: 1 pão sírio integral pequeno 2 colheres de ricota temperada com pimenta do reino 1 colher de café de mostarda Salsinha 1 colher de café de semente de gergelim 1 pitadinha de sal. 2 colheres de atum Junte o atum drenado e algumas folhas de rúcula. Tempere a ricota com a pimenta, mostarda, salsinha, gergelim e sal. Abra o pão sírio ao meio e coloque a ricota, o atum e as folhas de rúcula. Bom apetite!

Smoothie de frutas vermelhas

As frutas vermelhas são ricas em antioxidantes e possuem um índice menor de açúcar do que frutas como banana e maçã. O iogurte é uma fonte de proteínas ótimas. O smoothie pode ser consumido antes de exercícios físicos, pois é rapidamente absorvido pelo organismo promovendo energia imediata. Ingredientes: ½ xícara de iogurte desnatado (sabor morango) ¼ de xícara de framboesas frescas ½ xícara de morangos higienizados ½ xicara de mirtilos Gelo a gosto É só misturar todos os ingredientes em um liquidificador e bater bem por dois minutos.

Sanduíche de cenoura ralada e cream cheese light

A cenoura e o cream cheese são ingredientes de baixa caloria, o que torna esse sanduíche super amigo da dieta! Escolha um bom pão integral, rico em fibras. Adicione duas colheres de cream cheese light e a cenoura ralada. Para ficar ainda mais gostoso, você pode esquentar o sanduíche em um tostex ou levar ao forno para torrar.

Bolo de caneca light

E o que fazer com a vontade de comer doce? Esse bolinho é uma ótima opção para matar a vontade de um docinho e não sair da dieta. O farelo de aveia é rico em fibras, fornecendo saciedade e ajudando no funcionamento do intestino. E pra ficar ainda melhor, é rapidinho, fica pronto em menos de cinco minutos. Ingredientes: 2 colheres de sopa de farelo de aveia 1 colher de sobremesa de cacau em pó 1 colher de sopa de adoçante para forno e fogão 1 ovo 2 colheres de sopa de leite desnatado 1 colher de café de fermento Misture todos os ingredientes com um garfo em uma caneca. Leve ao microondas por três minutos, potência máxima. Retire do microondas, espere esfriar, e já pode se deliciar sem peso na consciência.

Panqueca proteica

Para manter a massa magra em uma dieta de redução de peso, é essencial o consumo de proteínas. No entanto, pode ser difícil encontrar opções diferentes que atendam à essa necessidade. A panqueca proteica pode ser uma opção diferente. Ingredientes: -1 ovo -1 clara -Essência de baunilha -1 colher de sopa de farinha de linhaça -1 colher de sopa de aveia -1 colher de sobremesa de canela -1 colher de café de fermento Misture todos os ingredientes em um recipiente e bata bem. Em uma frigideira antiaderente, já bem quente, adicione metade da mistura e tampe. Quando a panqueca já estiver soltando do fundo, vire e deixe doura o outro lado. Depois, adicione o resto da massa para a segunda panqueca. Pronto! Uma boa opção é servir com uma geleia de frutas sem açúcar ou com pasta de amendoim integral sem açúcar. E você? Tem alguma receita gostosa e que não engorde? Compartilhe com a gente!

Continue lendo
Receita
Salada: a refeição do verão!
Se existe um prato que é a cara do verão é a salada! Mas ei, não vale qualquer salada! Mesmo que nesta época o apetite fique reduzido e praticamente não exista a vontade de ingerir alimentos quentes ou pesados, é preciso fazer refeições nutritivas – especialmente no almoço e no jantar. Por isso, reunimos no post de hoje algumas receitas de saladas perfeitas para o verão. Com elas você vai entrar em forma mais rápido e manter seu organismo cheio de vitaminas e nutrientes essências. Vamos lá?

Como preparar a salada perfeita

Pensando em uma refeição ideal, devemos considerar a presença de alguns itens fundamentais no prato: uma proteína, um carboidrato, legumes ou verduras e alguma gordura boa. A princípio você deve estar imaginando que é impossível ter todos estes ingredientes em uma salada ou que, com eles a refeição se tornará muito calórica. Rapidamente te provamos que não: A proteína pode vir em forma de peito de frango desfiado, atum, queijo branco ou mesmo ovos cozidos. O carboidrato pode ser uma pequena porção de cruttons light, uma fruta ou grãos como feijões, grão de bico ou lentilha. Os legumes e verduras são de livre escolha. E a gordura boa pode ser usada em forma de azeite de oliva extra virgem ou alguma oleaginosa, como castanhas e amendoins. Seguindo estas regrinhas simples você mesma pode inventar sua própria salada, mas separamos três receitas especiais para te dar o pontapé inicial.

Salada de grão de bico com atum

  •  250g de grão-de-bico cozido;
  •  500g atum em água;
  •  1 colher de sopa de cottage;
  •  100g de ricota;
  •  2 colheres de sopa de mostarda;
  •  2 colheres de sopa de azeite de oliva;
  •  1 pimentão vermelho;
  •  20 unidades tomatinhos;
  •  5 azeitonas preta sem caroço light.
  •  Alface e rúcula a gosto;
Junte todos os ingredientes em um refratário e misture bem. Por fim, use o azeite de oliva e a mostarda para temperar. A receita rende seis porções.

Salada com avocado

  • 250g de beterraba ralada;
  • 250g de cenoura ralada;
  • 25g de azeitona verde;
  • 150g de alface cortada;
  • 200g de milho verde;
  • 100g de tomate uva ou cereja;
  • 25g de amêndoas laminadas;
  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva;
  • 1 colher de sopa de alecrim fresco;
  • 1 colher de sopa de suco de limão natural;
  • 1 quarto de colher de chá de sal;
  • 80g avocado ou abacate.
Faça um molho com o azeite, o sal e o limão e reserve. Retire o caroço do avocado ou abacate e corte em pedaços médios. Misture todos os ingredientes em um recipiente e regue com o molho. Rende cinco porções.

Salada de feijão verde

  • 250g de feijão verde;
  • 1/2 unidade de cebola cortada;
  • 2 unidades de alho picado;
  • 1 colher de sopa de coentro picado;
  • 200g alface americana picada;
  • 150g de rúcula;
  • 100 gramas de tomate cereja;
  • 50g de azeitona preta sem caroço light;
  • 100g de mussarela de búfala picada;
  • 200g de milho verde;
  • Azeite de oliva a gosto.
Cozinhe o feijão verde com cebola, alho, coentro e sal. Escorra e deixe esfriar. Em seguida, misture todos os ingredientes em um refratário, tempere com azeite de oliva e sal e limão se desejar. Esta rende cinco porções! Viu só? Com um pouco de criatividade é possível criar saladas deliciosas e super nutritivas para o verão! Vai começar com qual? E você? Tem alguma receita de salada de verão? Compartilhe com as outras leitoras! E confira também outros artigos sobre alimentação em nosso blog!

Continue lendo

ROUPAS DE ACADEMIA FEMININA E MASCULINA

Anos de experiência em fabricação de roupas fitness, transformaram a Honey Be no maior e-commerce de moda fitness do Brasil! Acompanhando as tendências da moda feminina, a Honey Be produz roupas confortáveis, com estampas exclusivas e design diferenciado, inovando em tecidos tecnológicos que permitem uma melhor respiração da pele, recortes precisos que beneficiam o corpo durante o treino e o melhor de tudo, com preço de atacado em varejo! Queremos mostrar aos nossos clientes que produtos de ótima qualidade podem e devem ter um preço justo!
HONEYBE NAS REDES SOCIAIS
PLAYLIST
POSTS MAIS LIDOS
Chocolate Quente Fit: 5 Receitas pra te Salvar no Inverno
Quando bate o friozinho, não tem outra saída melhor que um Chocolate Quente pra esquentar tudo 🍫 ☕ E pra você não sair tanto da dieta, a gente separou 5 receitas fit pra aquecer o coração nesse inverno 😁
 

(mais…)

Bolo de Coco Low Carb

Receitinha mara! Esse Bolo de Coco Low Carb molhadinho é surreal. 🤤

(mais…)

SIGA NAS REDES SOCIAIS
INSTAGRAM