Home » Corpo » Dicas de especialistas para aprimorar a performance no spinning
Corpo
Dicas de especialistas para aprimorar a performance no spinning

Conhecido como o “detonador de calorias”, o spinning é uma das aulas mais desejadas nas academias. E não é por menos. Em uma hora de aula é possível queimar de 500 até 700 calorias, dependendo da intensidade da aula e do condicionamento físico da pessoa. O spinning ajuda a queimar gorduras, fortalecer os músculos e, de quebra, aumenta a resistência cardiovascular e respiratória. Tire todas suas dúvidas sobre essa aula disputada nas academias e saiba como aumentar sua performance durante o treinamento.

Benefícios do Spinning

Já foi comprovado que as atividades aeróbicas ajudam a prevenir e tratar problemas cardíacos. Além disso, elas são capazes de melhorar o desempenho cardiorrespiratório, tonificar glúteos, coxas, panturrilhas, fortalece o abdômen e a região lombar. Também ajuda pessoas com problemas de sistema circulatório, como a hipertensão, reduz os níveis de colesterol e controla o diabetes. Enfim, são inúmeros benefícios que as atividades aeróbicas podem oferecer para a sua saúde. E com as aulas de spinning não é diferente. Mas lembre-se, apesar de todos os benefícios do spinning, a aula não é uma atividade que consiste apenas em sentar e pedalar. Existem também um “processo”, é preciso tomar muita água para hidratar o corpo durante a aula, utilizar o calçado adequado e, o mais importante, estar com a roupa apropriada para fazer atividades físicas. Conheça a Honeybe, uma loja com uma grande variedades de roupas de ginástica e lingerie, com as melhores peças de moda fitness para deixar suas aulas muito mais colorida, divertida e sensual.

Como aprimorar sua performance

Pedalar intensamente em uma sala escura durante horas e ao som de uma música alta pode ser a mais perfeita definição do “terror” para algumas pessoas. Mas, para outras, o spinning é a melhor maneira de manter a forma, aprimorar o sistema cardiovascular e ainda combater o estresse e a ansiedade. As aulas de spinning simulam percursos, como a subida de montanhas e grandes retas. Confira a seguir algumas dicas que vão melhorar o seu desempenho durante as aulas: AJUSTE DA BICICLETA A distância entre o guidão e o salim da bicicleta, deve ser de aproximadamente, do tamanho do seu antebraço, mas a mão e o dedo mindinho. O guidão e o salim devem estar na mesma altura. Os iniciantes do spinning podem deixar o guidão um pouco mais alto para oferecer estabilidade corporal – já que não possuem a musculatura definida. HIDRATAÇÃO Durante as aulas de spinning não deixe de levar uma garrafinha de água, pois a desidratação é bem maior do que as demais atividades físicas. Recomenda-se ingerir 200 ml de água a cada 15 minutos de spinning. FREQUÊNCIA Os incitantes devem fazer spinning apenas duas a três vezes por semana. Já as pessoas que possuem prática podem fazer aulas até quatro vezes por semana. INTENSIDADE Não se pode fazer spinning como se estivesse passeando de bicicleta, tem que pedalar com uma intensidade maior. Segundo os especialistas, a intensidade tem que deixar a pessoa ofegante, com uma certa dificuldade – sem exagerar, é claro. Procure sempre respeitar o seu limite. LESÕES Durante as aulas, o maior cuidado deve ser com os joelhos e a lombar. Para evitar lesões, a carga deve estar adequada. O abdômen deve estar sempre contraído e o quadril estabilizado. Procure deixar as pernas flexionadas ou semi-flexionadas. BANCO DE GEL OU BERMUDA ACOLCHOADA Como você ficará uma boa parte do tempo pedalando, é comum o bumbum começar a doer no meio da aula de spinning. Por isso, procure utilizar uma capinha de gel que encaixa no banco da bicicleta, ou então há bermudas que possuem proteção extra no bumbum próprio para realizar esse tipo de atividade. Esses dois recursos oferecem muito mais conforto durante as aulas.

Segurança acima de tudo

Muitas pessoas não gostam de fazer spinning, pois considera uma atividade de risco que pode causar lesões, principalmente nos joelhos. Mas não é bem assim. Se você posicionar corretamente a sua bicicleta antes de começar o treinamento, sem dúvidas, as aulas não oferecerão nenhum risco. Confira algumas recomendações de segurança: ALTURA DO BANCO Antes de subir na bicicleta, fique ao lado do banco e ajuste-o de acordo com a altura do osso do seu quadril. Essa é a medida ideal para ajustar a altura do banco. Jamais faça as aulas sem ajustar a sua bike antes. ALTURA DO GUIDÃO Deixe o guidão mais alto que o banco. Isso garantirá que você faça suas aulas de forma confortável. AJUSTE DO FIRMA-PÉ Prenda o tênis na fita, deixando-o firme. Cuidado com o cadarço do seu tênis para não enroscar no pedal. Para isso, coloque-o para dentro do calçado. Gostou do post? Deixe seu comentário! Compartilhe!

PLAYLIST
POSTS MAIS LIDOS
Dicas de especialistas para aprimorar a performance no spinning
Conhecido como o “detonador de calorias”, o spinning é uma das aulas mais desejadas nas academias. E não é por menos. Em uma hora de aula é possível queimar de 500 até 700 calorias, dependendo da intensidade da aula e do condicionamento físico da pessoa. O spinning ajuda a queimar gorduras, fortalecer os músculos e, de quebra, aumenta a resistência cardiovascular e respiratória. Tire todas suas dúvidas sobre essa aula disputada nas academias e saiba como aumentar sua performance durante o treinamento.

Benefícios do Spinning

Já foi comprovado que as atividades aeróbicas ajudam a prevenir e tratar problemas cardíacos. Além disso, elas são capazes de melhorar o desempenho cardiorrespiratório, tonificar glúteos, coxas, panturrilhas, fortalece o abdômen e a região lombar. Também ajuda pessoas com problemas de sistema circulatório, como a hipertensão, reduz os níveis de colesterol e controla o diabetes. Enfim, são inúmeros benefícios que as atividades aeróbicas podem oferecer para a sua saúde. E com as aulas de spinning não é diferente. Mas lembre-se, apesar de todos os benefícios do spinning, a aula não é uma atividade que consiste apenas em sentar e pedalar. Existem também um “processo”, é preciso tomar muita água para hidratar o corpo durante a aula, utilizar o calçado adequado e, o mais importante, estar com a roupa apropriada para fazer atividades físicas. Conheça a Honeybe, uma loja com uma grande variedades de roupas de ginástica e lingerie, com as melhores peças de moda fitness para deixar suas aulas muito mais colorida, divertida e sensual.

Como aprimorar sua performance

Pedalar intensamente em uma sala escura durante horas e ao som de uma música alta pode ser a mais perfeita definição do “terror” para algumas pessoas. Mas, para outras, o spinning é a melhor maneira de manter a forma, aprimorar o sistema cardiovascular e ainda combater o estresse e a ansiedade. As aulas de spinning simulam percursos, como a subida de montanhas e grandes retas. Confira a seguir algumas dicas que vão melhorar o seu desempenho durante as aulas: AJUSTE DA BICICLETA A distância entre o guidão e o salim da bicicleta, deve ser de aproximadamente, do tamanho do seu antebraço, mas a mão e o dedo mindinho. O guidão e o salim devem estar na mesma altura. Os iniciantes do spinning podem deixar o guidão um pouco mais alto para oferecer estabilidade corporal – já que não possuem a musculatura definida. HIDRATAÇÃO Durante as aulas de spinning não deixe de levar uma garrafinha de água, pois a desidratação é bem maior do que as demais atividades físicas. Recomenda-se ingerir 200 ml de água a cada 15 minutos de spinning. FREQUÊNCIA Os incitantes devem fazer spinning apenas duas a três vezes por semana. Já as pessoas que possuem prática podem fazer aulas até quatro vezes por semana. INTENSIDADE Não se pode fazer spinning como se estivesse passeando de bicicleta, tem que pedalar com uma intensidade maior. Segundo os especialistas, a intensidade tem que deixar a pessoa ofegante, com uma certa dificuldade – sem exagerar, é claro. Procure sempre respeitar o seu limite. LESÕES Durante as aulas, o maior cuidado deve ser com os joelhos e a lombar. Para evitar lesões, a carga deve estar adequada. O abdômen deve estar sempre contraído e o quadril estabilizado. Procure deixar as pernas flexionadas ou semi-flexionadas. BANCO DE GEL OU BERMUDA ACOLCHOADA Como você ficará uma boa parte do tempo pedalando, é comum o bumbum começar a doer no meio da aula de spinning. Por isso, procure utilizar uma capinha de gel que encaixa no banco da bicicleta, ou então há bermudas que possuem proteção extra no bumbum próprio para realizar esse tipo de atividade. Esses dois recursos oferecem muito mais conforto durante as aulas.

Segurança acima de tudo

Muitas pessoas não gostam de fazer spinning, pois considera uma atividade de risco que pode causar lesões, principalmente nos joelhos. Mas não é bem assim. Se você posicionar corretamente a sua bicicleta antes de começar o treinamento, sem dúvidas, as aulas não oferecerão nenhum risco. Confira algumas recomendações de segurança: ALTURA DO BANCO Antes de subir na bicicleta, fique ao lado do banco e ajuste-o de acordo com a altura do osso do seu quadril. Essa é a medida ideal para ajustar a altura do banco. Jamais faça as aulas sem ajustar a sua bike antes. ALTURA DO GUIDÃO Deixe o guidão mais alto que o banco. Isso garantirá que você faça suas aulas de forma confortável. AJUSTE DO FIRMA-PÉ Prenda o tênis na fita, deixando-o firme. Cuidado com o cadarço do seu tênis para não enroscar no pedal. Para isso, coloque-o para dentro do calçado. Gostou do post? Deixe seu comentário! Compartilhe!

SIGA NAS REDES SOCIAIS
INSTAGRAM