Home » Dieta » Dieta Cetogênica (Dieta Keto): Como Funciona
Dieta
Dieta Cetogênica (Dieta Keto): Como Funciona

A Dieta Cetogênica ou Dieta Keto, assim como as dietas Low Carb, é uma dieta baixa em carboidratos e rica em gorduras! E tem como objetivo fazer o seu corpo queimar gordura como combustível ao invés de retirar a energia do carboidrato.

 
Estudos mostram que este tipo de dieta pode ajudar a perder peso e até melhorar a saúde 😉 Traz benefícios contra doenças como diabetes, câncer, epilepsia e doença de Alzheimer.
 
É uma dieta que restringe a ingestão de carboidratos, priorizando alimentos ricos em gordura, que compartilha muitas semelhanças com a dieta Low Carb.
 
Diminuindo a ingestão de carboidratos e substituindo por gordura saudável. A redução de carboidratos coloca seu corpo em um estado metabólico chamado Cetose, em que a gordura fornece a maior parte da energia para o corpo.
 
Saiba mais:
 
Quando isso acontece, o corpo se torna incrivelmente eficiente na queima de gordura. Ela também transforma gordura em cetonas no fígado, fornecendo também energia para o cérebro 🤓
 
Outro benefício importante: dietas cetogênicas podem causar grandes reduções nos níveis de açúcar no sangue e insulina. Isto, juntamente com o aumento das cetonas no organismo, traz vários benefícios para a saúde!
 

A Dieta

 
Criada na década de 20 para tratar doenças como diabetes, essa dieta permite no máximo 5% de carboidrato, quando não elimina totalmente esse nutriente. Com o objetivo de regular a insulina – hormônio liberado quando há a ingestão de massa, pão ou mesmo fruta e, que, em excesso, estimula o corpo a acumular gordura.
 
O principal motivo do resgate da Keto é provocar uma mudança expressiva no metabolismo. Fazendo com que o corpo encontre outra maneira de gerar energia.
E sem tanta glicose circulando no sangue, você sente menos fome (se mantém distante dos doces, sem sofrer!).
 
Os especialistas adeptos da Keto privilegiam a gordura de boa qualidade (poli e monoinsaturada) e doses moderadas da saturada (presente em óleos, lácteos integrais e carnes gordas). Já a trans (encontrada em biscoito recheado, sorvete e bolo pronto) fica de fora. É recomendado também evitar os embutidos – quase sempre ricos em sódio, corantes e conservantes.
 
A dieta Keto sugere uma proporção bem maior de gordura (até 75%) que as dietas Atkins, Dukan e outras cetogênicas, e menor de proteína (no máximo 40%). O cardápio da Keto prega um estado de cetose constante, são 5% de carbo do começo ao fim. Por isso nem pense em seguir a dieta sozinha. ⚠
 
RECADO DO NUTRI: Este tipo de dieta, apesar de apresentar benefícios, requer muito cuidado, pois tonturas e fraquezas podem aparecer, principalmente em indivíduos fisicamente ativos ou que possuem atividades de trabalho físico ou mental mais intensos. Logo, o ideal é sempre conversar com um especialista antes do início de qualquer dieta.
 
Revisão:
 
Fontes:
 
Compartilhe!

PLAYLIST
POSTS MAIS LIDOS
Dieta Cetogênica (Dieta Keto): Como Funciona
A Dieta Cetogênica ou Dieta Keto, assim como as dietas Low Carb, é uma dieta baixa em carboidratos e rica em gorduras! E tem como objetivo fazer o seu corpo queimar gordura como combustível ao invés de retirar a energia do carboidrato.

 
Estudos mostram que este tipo de dieta pode ajudar a perder peso e até melhorar a saúde 😉 Traz benefícios contra doenças como diabetes, câncer, epilepsia e doença de Alzheimer.
 
É uma dieta que restringe a ingestão de carboidratos, priorizando alimentos ricos em gordura, que compartilha muitas semelhanças com a dieta Low Carb.
 
Diminuindo a ingestão de carboidratos e substituindo por gordura saudável. A redução de carboidratos coloca seu corpo em um estado metabólico chamado Cetose, em que a gordura fornece a maior parte da energia para o corpo.
 
Saiba mais:
 
Quando isso acontece, o corpo se torna incrivelmente eficiente na queima de gordura. Ela também transforma gordura em cetonas no fígado, fornecendo também energia para o cérebro 🤓
 
Outro benefício importante: dietas cetogênicas podem causar grandes reduções nos níveis de açúcar no sangue e insulina. Isto, juntamente com o aumento das cetonas no organismo, traz vários benefícios para a saúde!
 

A Dieta

 
Criada na década de 20 para tratar doenças como diabetes, essa dieta permite no máximo 5% de carboidrato, quando não elimina totalmente esse nutriente. Com o objetivo de regular a insulina – hormônio liberado quando há a ingestão de massa, pão ou mesmo fruta e, que, em excesso, estimula o corpo a acumular gordura.
 
O principal motivo do resgate da Keto é provocar uma mudança expressiva no metabolismo. Fazendo com que o corpo encontre outra maneira de gerar energia.
E sem tanta glicose circulando no sangue, você sente menos fome (se mantém distante dos doces, sem sofrer!).
 
Os especialistas adeptos da Keto privilegiam a gordura de boa qualidade (poli e monoinsaturada) e doses moderadas da saturada (presente em óleos, lácteos integrais e carnes gordas). Já a trans (encontrada em biscoito recheado, sorvete e bolo pronto) fica de fora. É recomendado também evitar os embutidos – quase sempre ricos em sódio, corantes e conservantes.
 
A dieta Keto sugere uma proporção bem maior de gordura (até 75%) que as dietas Atkins, Dukan e outras cetogênicas, e menor de proteína (no máximo 40%). O cardápio da Keto prega um estado de cetose constante, são 5% de carbo do começo ao fim. Por isso nem pense em seguir a dieta sozinha. ⚠
 
RECADO DO NUTRI: Este tipo de dieta, apesar de apresentar benefícios, requer muito cuidado, pois tonturas e fraquezas podem aparecer, principalmente em indivíduos fisicamente ativos ou que possuem atividades de trabalho físico ou mental mais intensos. Logo, o ideal é sempre conversar com um especialista antes do início de qualquer dieta.
 
Revisão:
 
Fontes:
 
Compartilhe!
SIGA NAS REDES SOCIAIS
INSTAGRAM