Home » Dicas Honey » Qual é o melhor açúcar para uma alimentação saudável?
Dicas Honey
Qual é o melhor açúcar para uma alimentação saudável?

Esse é um assunto que interessa a todos do mundo fitness: Qual é o melhor açúcar para uma alimentação saudável? E pode acreditar, existe!
 
Há muitos tipos de açúcar no mercado e o que muda entre eles não é apenas o preço. Eles se diferem na cor, textura, nutrientes e também em aditivos químicos. Desse jeito, existem açúcares que são mais saudáveis do que outros.
 
O açúcar branco refinado é o tipo mais consumido pela população e traz pouquíssimos benefícios à saúde. Por ser altamente processado, ele perde a maior parte dos nutrientes originais da cana-de-açúcar, além de receber produtos químicos que garantem a sua brancura e a sua granulosidade.
Além de não ter nutrientes, ele é calórico e ainda dá pico de glicemia. O que pode desencadear resistência à insulina, pré-disposição à diabetes e ainda aumentar o apetite de uma pessoa.
 
Muitos já conhecem o mal que essa delícia pode causar. Obesidade, doenças crônicas que em alguns casos levam à morte. De acordo com a OMS (Organização Mundial da saúde), a diabetes já afeta quase 1 em cada 11 adultos no mundo. Além de poder de viciar como a heroína
 
Mas será que o açúcar faz mal para o nosso corpo? Depende!
Da quantidade de açúcar que ingerimos e, mais importante, do tipo de açúcar que compramos no supermercado.
 
Separamos uma listinha com as melhores opções para incorporar na sua alimentação, olha só 😉
 

Rapadura

 
Quanto mais escuro for o açúcar, mais próximo do seu estado bruto ele estará. A rapadura é o açúcar da cana sem nenhum tipo de refinamento.
 
Para a sua produção, o caldo de cana é fervido até se transformar em uma barra sólida. Além de açúcar, a rapadura é rica em vitaminas e nos seguintes minerais: cálcio, ferro, fósforo, magnésio e potássio!
 
A rapadura é o açúcar derivado da cana mais saudável para o consumo humano e para o ambiente, uma vez que não há gasto de água para o seu refino.
 

Melado de cana

 
É uma forma intermediária do cozimento do caldo de cana, antes da transformação em rapadura. Durante o processo de fervura a espuma formada é retirada, resultando na purificação do melado.
 
O melado de cana é um produto artesanal ao qual não são adicionados aditivos químicos. Assim como a rapadura, ele é rico em nutrientes.
 

• Açúcar mascavo

 
Ao contrário do que muitos pensam, o açúcar mascavo não é a rapadura ralada. 😅 Ele também é produzido a partir do melado de cana, que deve ser batido até a secagem.
 
Assim como a rapadura e o melado de cana, o açúcar mascavo não passa por refinamento, conservando todos os nutrientes da cana-de-açúcar.
 
E apesar de vir da cana de açúcar ele tem um índice glicêmico menor. E justamente por não passar tantos refinamentos ele concentra mais nutrientes, sendo fonte de minerais e vitaminas.
 

• Mel de Abelhas

 
Enquanto os açúcares derivados da cana são compostos de sacarose (molécula formada da união da glicose e da frutose), o mel tem uma composição mais complexa.
 
Por isso, o corpo gasta mais energia para processar o mel do que outros tipos de açúcares, tornando o ganho calórico menor. Além disso, o mel é um produto rico em minerais e em vitaminas.
 
Apesar dos seus benefícios, o consumo de mel não é recomendado para crianças com menos de 2 anos de idade. O sistema digestivo dos bebês não é maduro o suficiente para lidar com contaminações bacterianas que alguns produtos apresentam.
 

• Açúcar Orgânico

 
O açúcar orgânico não é exatamente um tipo de açúcar, mas sim uma maneira como os açúcares cristal, demerara ou mascavo podem ser produzidos. Na produção de um açúcar orgânico, não são usados agrotóxicos nem produtos químicos.
 
Isso quer dizer que ele é natural desde o plantio da cana-de-açúcar até a sua industrialização. Quando comercializados em embalagens biodegradáveis, garantem o maior respeito possível à natureza.
 

• Açúcar Demerara

 
Esse tipo de açúcar tem o processo de produção semelhante ao mascavo. Porém, o açúcar demerara passa por um leve refinamento antes de chegar às prateleiras dos supermercados. Apesar disso, os nutrientes da cana-de-açúcar são preservados.
 
O açúcar demerara não altera tanto o sabor dos alimentos quanto os açúcares mencionados anteriormente.
 
Entretanto, esse tipo de açúcar tem 2 pontos negativos:
– os seus cristais não se dissolvem facilmente;
– adoça menos do que o açúcar branco.
 

• Açúcar de coco

 
Produzido a partir da seiva das flores da palma de coco, esse tipo de açúcar apresenta baixo índice glicêmico. Isso quer dizer que a energia é liberada lentamente e não gera descargas de insulina que contribuem para o desenvolvimento da diabetes do tipo 2.
 
O açúcar de coco sofre pouco processamento, conservando quantidades significativas de minerais como o magnésio e o potássio, além de vitaminas. Ele também contém inulina, uma fibra prebiótica benéfica que atua na imunidade, na absorção da glicose e no metabolismo de lipídeos.
 
Agora só depende do seu paladar 😉 Vai testando até achar o açúcar que mais te agrada, vai ser uma tarefa tããão gostosa 😋
 
RECADO DO NUTRI: Vale a pena lembrar que muitas das vezes não necessitamos do açúcar para adoçar como em sucos, chás e cafés, logo vamos usar apenas quando sentirmos necessidade e para se acostumar com sabores sem o açúcar de adição, desmame aos poucos, reduza gradualmente a ingestão deste açúcar de adição.
 
Revisão:
 
Fontes:
 
Compartilhe!

PLAYLIST
POSTS MAIS LIDOS
Qual é o melhor açúcar para uma alimentação saudável?
Esse é um assunto que interessa a todos do mundo fitness: Qual é o melhor açúcar para uma alimentação saudável? E pode acreditar, existe!
 
Há muitos tipos de açúcar no mercado e o que muda entre eles não é apenas o preço. Eles se diferem na cor, textura, nutrientes e também em aditivos químicos. Desse jeito, existem açúcares que são mais saudáveis do que outros.
 
O açúcar branco refinado é o tipo mais consumido pela população e traz pouquíssimos benefícios à saúde. Por ser altamente processado, ele perde a maior parte dos nutrientes originais da cana-de-açúcar, além de receber produtos químicos que garantem a sua brancura e a sua granulosidade.
Além de não ter nutrientes, ele é calórico e ainda dá pico de glicemia. O que pode desencadear resistência à insulina, pré-disposição à diabetes e ainda aumentar o apetite de uma pessoa.
 
Muitos já conhecem o mal que essa delícia pode causar. Obesidade, doenças crônicas que em alguns casos levam à morte. De acordo com a OMS (Organização Mundial da saúde), a diabetes já afeta quase 1 em cada 11 adultos no mundo. Além de poder de viciar como a heroína
 
Mas será que o açúcar faz mal para o nosso corpo? Depende!
Da quantidade de açúcar que ingerimos e, mais importante, do tipo de açúcar que compramos no supermercado.
 
Separamos uma listinha com as melhores opções para incorporar na sua alimentação, olha só 😉
 

Rapadura

 
Quanto mais escuro for o açúcar, mais próximo do seu estado bruto ele estará. A rapadura é o açúcar da cana sem nenhum tipo de refinamento.
 
Para a sua produção, o caldo de cana é fervido até se transformar em uma barra sólida. Além de açúcar, a rapadura é rica em vitaminas e nos seguintes minerais: cálcio, ferro, fósforo, magnésio e potássio!
 
A rapadura é o açúcar derivado da cana mais saudável para o consumo humano e para o ambiente, uma vez que não há gasto de água para o seu refino.
 

Melado de cana

 
É uma forma intermediária do cozimento do caldo de cana, antes da transformação em rapadura. Durante o processo de fervura a espuma formada é retirada, resultando na purificação do melado.
 
O melado de cana é um produto artesanal ao qual não são adicionados aditivos químicos. Assim como a rapadura, ele é rico em nutrientes.
 

• Açúcar mascavo

 
Ao contrário do que muitos pensam, o açúcar mascavo não é a rapadura ralada. 😅 Ele também é produzido a partir do melado de cana, que deve ser batido até a secagem.
 
Assim como a rapadura e o melado de cana, o açúcar mascavo não passa por refinamento, conservando todos os nutrientes da cana-de-açúcar.
 
E apesar de vir da cana de açúcar ele tem um índice glicêmico menor. E justamente por não passar tantos refinamentos ele concentra mais nutrientes, sendo fonte de minerais e vitaminas.
 

• Mel de Abelhas

 
Enquanto os açúcares derivados da cana são compostos de sacarose (molécula formada da união da glicose e da frutose), o mel tem uma composição mais complexa.
 
Por isso, o corpo gasta mais energia para processar o mel do que outros tipos de açúcares, tornando o ganho calórico menor. Além disso, o mel é um produto rico em minerais e em vitaminas.
 
Apesar dos seus benefícios, o consumo de mel não é recomendado para crianças com menos de 2 anos de idade. O sistema digestivo dos bebês não é maduro o suficiente para lidar com contaminações bacterianas que alguns produtos apresentam.
 

• Açúcar Orgânico

 
O açúcar orgânico não é exatamente um tipo de açúcar, mas sim uma maneira como os açúcares cristal, demerara ou mascavo podem ser produzidos. Na produção de um açúcar orgânico, não são usados agrotóxicos nem produtos químicos.
 
Isso quer dizer que ele é natural desde o plantio da cana-de-açúcar até a sua industrialização. Quando comercializados em embalagens biodegradáveis, garantem o maior respeito possível à natureza.
 

• Açúcar Demerara

 
Esse tipo de açúcar tem o processo de produção semelhante ao mascavo. Porém, o açúcar demerara passa por um leve refinamento antes de chegar às prateleiras dos supermercados. Apesar disso, os nutrientes da cana-de-açúcar são preservados.
 
O açúcar demerara não altera tanto o sabor dos alimentos quanto os açúcares mencionados anteriormente.
 
Entretanto, esse tipo de açúcar tem 2 pontos negativos:
– os seus cristais não se dissolvem facilmente;
– adoça menos do que o açúcar branco.
 

• Açúcar de coco

 
Produzido a partir da seiva das flores da palma de coco, esse tipo de açúcar apresenta baixo índice glicêmico. Isso quer dizer que a energia é liberada lentamente e não gera descargas de insulina que contribuem para o desenvolvimento da diabetes do tipo 2.
 
O açúcar de coco sofre pouco processamento, conservando quantidades significativas de minerais como o magnésio e o potássio, além de vitaminas. Ele também contém inulina, uma fibra prebiótica benéfica que atua na imunidade, na absorção da glicose e no metabolismo de lipídeos.
 
Agora só depende do seu paladar 😉 Vai testando até achar o açúcar que mais te agrada, vai ser uma tarefa tããão gostosa 😋
 
RECADO DO NUTRI: Vale a pena lembrar que muitas das vezes não necessitamos do açúcar para adoçar como em sucos, chás e cafés, logo vamos usar apenas quando sentirmos necessidade e para se acostumar com sabores sem o açúcar de adição, desmame aos poucos, reduza gradualmente a ingestão deste açúcar de adição.
 
Revisão:
 
Fontes:
 
Compartilhe!
SIGA NAS REDES SOCIAIS
INSTAGRAM