A verdade nua e crua na vida a dois

por Hillare HB
Verdade nua e crua na vida a dois

A verdade nua e crua na vida a dois que todo casal passa no amor!

É a verdade nua e crua na vida a dois! Você que namora ou já namorou sabe como um relacionamento pode ser complicado. Pode ficar tranquila! Isso não é só com você, todo casal passa pela mesma coisa. O amor como ele é!

Pra te mostrar que a história se repete em todos os relacionamentos, listei algumas situações que todo casal já passou no começo do lovezão!

O Dia dos namorados tá chegando e nós vamos fugir dos temas tradicionais. Os temas românticos que todos sempre abordam ficarão pra outra ocasião. Decidimos mudar um pouco o roteiro!

É hora de puxar pela memória aqueles momentos que um dia foram embaraçosos, e que, ao longo do tempo, se transformaram em lembranças cômicas – ou não, rs – pra contar no almoço em família.

Comer juntos pela primeira vez:

Na primeira refeição em casal a gente sempre quer causar uma boa impressão, não é mesmo? Atire a primeira pedra quem nunca fingiu amar aquela saladinha com frango pra fazer a phyna que come pouco no date. A vontade mesmo era pedir uma hamburgão com batata grande e um refrigerante de 500ml, né, minha filha?

O fatídico nº2:

Quem nunca ficou com a barriga dura por 3 dias na casa do mozão? O suor desce frio na testa.

Mantenha-se firme e forte, porque o nº 2 é o tipo de coisa que, claro, todo mundo faz, mas principalmente, nós mulheres não gostamos de admitir!

Dica do dia: Ande sempre com um perfuminho na bolsa. Garanto que ele salva nos momentos de aperto!

Flatulências na hora errada:

O amor – e o cheirinho – estão no ar! Esse, com certeza, tá no pódio do Top 5 dos momentos mais constrangedores a dois! A pior das histórias é quando vocês estão rindo muito de algo juntos e aquele punzinho estrondoso escapole no momento de descontração! Aqui vão as estratégias pra sair dessa situação com maestria:

– Tussa ou ria mais alto! Lembre-se: NUNCA se movimente pra não proliferar no ar.
– Culpe terceiros! Seja o cachorro, o barulho do sofá, da roupa. Use a criatividade a seu favor!
– Aceitação! Assuma o B.O, olhe nos olhos dele, bata no peito e fale bem alto: Soltei mesmo! Nesse último caso, a gente fica sem saber onde enfiar a cara! Pelo menos, já quebra essa barreira e tudo fica mais leve depois!

Mulher, se você ainda não passou por isso, não tem jeito, a sua hora vai chegar. Liberte-se!

Mais que amigos, friends:

No começo tudo são flores! Você ama a galera, churrascão todo sábado, futebolzinho toda quinta-feira e segue tudo incrível! Com o passar do tempo, porém, João Pedro já não é mais tão bacana. O Thiago já não sai mais da casa de vocês… O programa de sexta-feira que era o filminho em casal, passa a ser um constante encontro de amigos que dura o final de semana INTEIRO!

E aí, vem a tradicional pergunta: Tá namorando comigo ou com eles?

Brincadeiras a parte, ter amigos ao seu redor e uma boa convivência com os do crush é essencial pro seu relacionamento fluir de forma leve! Nunca esqueça: é importante que os dois saibam colocar na balança. Momentos a dois são necessários pra harmonia do casal!

Essa família é muito unida:

Entra ano, sai ano e as histórias de como você conheceu a família do mozão continuam sendo pauta nas datas comemorativas – o sorrisão amarelo já entra no automático.

No início do namoro a gente tenta evitar ao máximo. Só que uma hora o encontro acontece. A única saída é ligar o modo “sorria e acene”!

As cenas constrangedoras começam: a sogra que não bate na porta quando vai entrar no quarto, o sogro que pergunta o que você faz da vida, a avó que quer saber tudo sobre você e o tio piadista de sempre que adora te deixar sem graça!

As família são todas iguais, você não tá sozinha nessa!

E aí, se viu em alguma dessas histórias? Aproveita pra mandar pro mozão e recordar essas boas e cômicas memórias no Dia dos Namorados!

Você também vai gostar

Deixe um comentário