Atitudes que contribuem para a diabetes

por honeybe
Atitudes que contribuem para a diabetes

Atualmente, a diabetes é a mais comum das doenças não transmissíveis com elevada prevalência e incidência crescente.

Atinge já cerca de 415 milhões de pessoas em todo o mundo e continua a aumentar em todos os países, estimando-se que em 2040 haja um aumento para 642 milhões de pessoas atingidas pela doença. O Dia 14 de Novembro é o dia mundial da diabetes.O Brasil ocupa o quarto lugar entre os países com mais diabetes perdendo pra China, Índia e Estados Unidos.  

Existem três tipos de diabetes. A maioria das pessoas possui diabetes do tipo dois, que acontece quando o corpo não usa bem a insulina e não consegue manter seu nível de açúcar no sangue estável. O tipo de diabetes um é menos comum apenas 5% das pessoas que tem a doença o possuem, o corpo deixa de produzir insulina e não consegue regular o açúcar no sangue. O terceiro tipo de diabetes é a gestacional ocorre em mulheres grávidas geralmente vai embora depois que você dá à luz, mas pode aumentar a probabilidade de desenvolver o tipo 2 mais tarde. Os tipos tipos da doença podem ser detectados atráves de um exame de sangue que verifica se a glicose está alta. 

Compreender como o diabetes funciona pode ajudá-la a combatê-lo. Normalmente, seu pâncreas secreta um hormônio chamado insulina depois que você come. Ela é a responsável por quebrar os açúcares dos alimentos na corrente sanguínea para alimentar suas células.

Atitudes que contribuem para a doença

1. Dormir pouco

Poucas horas de sono desequilibra os hormônios do corpo. Para muitas pessoas dormir menos de 7 ou 8 horas que são ideais para o corpo, virou rotina e repercute em uma bagunça no corpo no dia seguinte quando os olhos pesam ou a cabeça dói. Quem dorme menos de cinco horas por noite pode sofrer uma elevação no nível dos ácidos graxos, que reduzem a ação da insulina no organismo. A falta de repouso faz com que o corpo ganhe peso, aumente a pressão e o aparecimento da diabetes. 

2. Tomar antibióticos

Tomar antibióticos pode gerar o risco da doença.Junto à luta contra a infecção, os antibióticos mexem com as bactérias do intestino, o que pode aumentar a sua resistência à insulina.Quando você usa antibiótico, mata a flora boa e a povoa de bactérias ruins, que agridem o muco do intestino, causando uma inflamação na parede intestinal, o que pode levar a resistência à insulina, pré-diabetes e diabetes.

3. Ficar sentada por muito tempo

 Permanecer inativa por horas pode levar a doenças cardíacas e derrames, mas acontece a cada hora sucessiva que você gasta sentada, mesmo que seja uma fanática por academia, também aumenta suas chances de diabetes tipo 2 em 22%. Quando seus músculos ficam parados por longos períodos, suas células têm mais dificuldade em absorver glicose, deixando-a aumentar no seu sangue. Levante-se e se mova por cinco minutos a cada hora.

4.  Passar pouco tempo fora

O corpo precisa de vitamina D, é importante tomar 20 minutos de sol diário. Se exercite durante o dia ao ar livre e caminhe.Também coma alimentos ricos em vitamina D, como salmão e cogumelos. Além de fixar o cálcio nos ossos e, com isso, evitar a osteoporose, a vitamina D mantém o equilíbrio, evita quedas e dá mais vigor aos músculos.O nutriente parece desempenhar um papel na produção de insulina. Quando a vitamina D é baixa, a insulina pode não funcionar bem.


 

 

Você também vai gostar