Home » Dicas Honey » Benefícios do Ômega 3
Dicas Honey
Benefícios do Ômega 3

O ômega 3 é um conjunto de ácidos graxos. Eles pertencem à família dos poli insaturados.

Esse grupo de nutrientes pode auxiliar os indivíduos praticantes de atividade física e atletas na manutenção da saúde e do ótimo desempenho atlético por uma série de fatores. O composto do ômega 3 é constituído pelo ácido alfa-linolênico (ALA), ácido eicosapentaenoico (EPA) e ácido docosa-hexaenoico (DHA). O ALA está presente somente em alimentos de origem vegetal (linhaça, borragem, nozes e canola). O EPA e o DHA, podem ser encontrados em alimentos de origem animal, como atum, anchova, carpa, arenque, salmão, sardinha, cavala, bacalhau do Atlântico e bacalhau do Pacífico. A utilização regular de ômega 3 pode trazer alguns benefícios, nesse post estaremos contando alguns benefícios do Ômega 3

Benefícios do Ômega 3

Diminue o colesterol: Esses ácidos graxos modificam a composição química do sangue, provocando o aumento dos níveis do colesterol HDL (colesterol bom) e a diminuição dos níveis de colesterol LDL (colesterol ruim). Quando o LDL está em excesso, há maior risco dele se depositar nas artérias e provocar o seu entupimento levando a doenças cardiovasculares, como hipertensão, aterosclerose, infarto e derrame cerebral.

Regula a pressão arterial: O ômega 3 é capaz de evitar a formação das placas de gordura na parede das artérias e garantir a flexibilidade das veias e artérias, afastando o risco de doenças como hipertensão, aterosclerose, infarto e derrames.

Combate a depressão: A ingestão de ômega 3 melhora a fluidez das membranas que encapam as células nervosas e aumenta a produção de diversos neurotransmissores como serotonina, dopamina e noradrenalina, melhorando assim o humor e o bem-estar.

Auxílio ao metabolismo: Este nutriente é necessário para o funcionamento adequado da tireoide, responsável por manter o metabolismo funcionando. Estudos mostram que um grande número de pessoas no mundo não está consumindo todo o iodo necessário para a saúde. Outra vantagem do salmão é que ele proporciona um longo período de saciedade com poucas calorias.

Previne o câncer: O óleo pode inibir a metástase do tumor para outros tecidos do corpo, como ocorre no caso do câncer de mama. O ômega 3 ajuda a reduzir a atividade dos estrógenos que favorecem o surgimento do tumor mamário e sua proliferação para outros órgãos através da circulação.

Controla a insulina: Ao acrescentar uma fonte de ômega 3 ao prato, você estará diminuindo o índice glicêmico da sua refeição, o que por sua vez se traduz em uma menor liberação de insulina na circulação sanguínea. E menos insulina significa melhor controle da glicemia e uma redução no risco de aparecimento de diabetes do tipo 2 e como níveis elevados de insulina favorecem o acúmulo de gordura no corpo, quanto maior a liberação do hormônio mais inevitável será o aumento de peso.

Bom para o coração: O ômega 3 age de duas maneiras para proporcionar benefícios ao sistema cardiovascular. O EPA regula a atividade das plaquetas sanguíneas, evitando coágulos de sangue, que podem levar a um AVC ou infarto. O EPA também reduz os níveis de triglicérides, um tipo de gordura que é ruim para o organismo quando está elevada. Já o DHA ajuda a evitar arritmias cardíacas, estabilizando a atividade elétrica no coração.

Melhora o desempenho esportivo: O nutriente melhora o desempenho aeróbico, uma vez que aumenta a capacidade do corpo de absorver oxigênio. Isso ocorre porque o ômega 3 reduz a viscosidade sanguínea, efeito que acaba por melhorar a distribuição de sangue e oxigênio para o tecido muscular. Atletas que consomem cerca de 4 gramas de ômega 3 todos os dias começam a apresentar ganhos de performance em menos de um mês após o uso regular do ácido graxo.


 

 

 

 

 

Compartilhe!

PLAYLIST
POSTS MAIS LIDOS
Benefícios do Ômega 3

O ômega 3 é um conjunto de ácidos graxos. Eles pertencem à família dos poli insaturados.

Esse grupo de nutrientes pode auxiliar os indivíduos praticantes de atividade física e atletas na manutenção da saúde e do ótimo desempenho atlético por uma série de fatores. O composto do ômega 3 é constituído pelo ácido alfa-linolênico (ALA), ácido eicosapentaenoico (EPA) e ácido docosa-hexaenoico (DHA). O ALA está presente somente em alimentos de origem vegetal (linhaça, borragem, nozes e canola). O EPA e o DHA, podem ser encontrados em alimentos de origem animal, como atum, anchova, carpa, arenque, salmão, sardinha, cavala, bacalhau do Atlântico e bacalhau do Pacífico. A utilização regular de ômega 3 pode trazer alguns benefícios, nesse post estaremos contando alguns benefícios do Ômega 3

Benefícios do Ômega 3

Diminue o colesterol: Esses ácidos graxos modificam a composição química do sangue, provocando o aumento dos níveis do colesterol HDL (colesterol bom) e a diminuição dos níveis de colesterol LDL (colesterol ruim). Quando o LDL está em excesso, há maior risco dele se depositar nas artérias e provocar o seu entupimento levando a doenças cardiovasculares, como hipertensão, aterosclerose, infarto e derrame cerebral.

Regula a pressão arterial: O ômega 3 é capaz de evitar a formação das placas de gordura na parede das artérias e garantir a flexibilidade das veias e artérias, afastando o risco de doenças como hipertensão, aterosclerose, infarto e derrames.

Combate a depressão: A ingestão de ômega 3 melhora a fluidez das membranas que encapam as células nervosas e aumenta a produção de diversos neurotransmissores como serotonina, dopamina e noradrenalina, melhorando assim o humor e o bem-estar.

Auxílio ao metabolismo: Este nutriente é necessário para o funcionamento adequado da tireoide, responsável por manter o metabolismo funcionando. Estudos mostram que um grande número de pessoas no mundo não está consumindo todo o iodo necessário para a saúde. Outra vantagem do salmão é que ele proporciona um longo período de saciedade com poucas calorias.

Previne o câncer: O óleo pode inibir a metástase do tumor para outros tecidos do corpo, como ocorre no caso do câncer de mama. O ômega 3 ajuda a reduzir a atividade dos estrógenos que favorecem o surgimento do tumor mamário e sua proliferação para outros órgãos através da circulação.

Controla a insulina: Ao acrescentar uma fonte de ômega 3 ao prato, você estará diminuindo o índice glicêmico da sua refeição, o que por sua vez se traduz em uma menor liberação de insulina na circulação sanguínea. E menos insulina significa melhor controle da glicemia e uma redução no risco de aparecimento de diabetes do tipo 2 e como níveis elevados de insulina favorecem o acúmulo de gordura no corpo, quanto maior a liberação do hormônio mais inevitável será o aumento de peso.

Bom para o coração: O ômega 3 age de duas maneiras para proporcionar benefícios ao sistema cardiovascular. O EPA regula a atividade das plaquetas sanguíneas, evitando coágulos de sangue, que podem levar a um AVC ou infarto. O EPA também reduz os níveis de triglicérides, um tipo de gordura que é ruim para o organismo quando está elevada. Já o DHA ajuda a evitar arritmias cardíacas, estabilizando a atividade elétrica no coração.

Melhora o desempenho esportivo: O nutriente melhora o desempenho aeróbico, uma vez que aumenta a capacidade do corpo de absorver oxigênio. Isso ocorre porque o ômega 3 reduz a viscosidade sanguínea, efeito que acaba por melhorar a distribuição de sangue e oxigênio para o tecido muscular. Atletas que consomem cerca de 4 gramas de ômega 3 todos os dias começam a apresentar ganhos de performance em menos de um mês após o uso regular do ácido graxo.


 

 

 

 

 

Compartilhe!
SIGA NAS REDES SOCIAIS
INSTAGRAM