Home » Corpo » Conheça o Bungee Dance: Treino nas alturas
Corpo
Conheça o Bungee Dance: Treino nas alturas

A nova modalidade que mistura movimentos de dança, teatro e bungee jumping tem conquistado espaço nas academias brasileiras. Vem conhecer!
 
Provavelmente você chegou a ver um vídeo de pessoas treinando suspensas por elásticos e bateu aquela curiosidade né?! Pois bem, essa modalidade mal chegou nas terrinhas brasileiras e já ganhou novas rotinas como Flying Dance, Yoga Suspension, Ballet en L’air, Balance Yoga, entre outros.
 
Mas afinal, o que é o Bungee Dance ou Bungee Workout?
 
Criada pelo tailandês Sivavut Mathong e uma equipe de dançarinos, esse modalidade fitness surgiu em Bangkok, Tailândia na academia de dança Stories to Tales Theatre. Inventada como uma nova técnica para melhorar a silhueta e manter a forma, se tornou destaque rapidamente graças às aulas descontraídas e aos elásticos.
 
Os criadores da técnica afirmam tratar-se de um tipo de treino de alta intensidade (HIIT) e alegam que em pouco tempo resultados já começam a aparecer. O gasto energético ocorre por conta da dificuldade que o acessório provoca, ao correr com a corda o praticante tem 10 vezes mais dificuldades do que quando está correndo livremente.
 
A combinação de dança, movimentos aéreos e acrobacias junto aos elásticos faz com que você trabalhe com intensidade os músculos abdominais transversais, a flexibilidade e o fortalecimento da musculatura central – o principal estabilizador da nossa postura e importante para a realização de todos os movimentos do cotidiano – sem você perceber.
 
Ficar em forma, cuidar da saúde e se divertir 💪
 
Tudo ao mesmo tempo, essa é a proposta do Bungee Dance ou Bungee Workout!
 
Imagine ter a liberdade de realizar um salto típico do balé, fazer piruetas ou acrobacias, mas sem a preocupação de se machucar. Na aula de Bungee Dance é assim: você realiza passos de dança enquanto está presa a um cabo de bungee jumping no ponto de âncora (embaixo do cabo). Os pés ficam em contato com o chão e quanto mais você se afasta do ponto de ancoragem, mais terá que usar a sua musculatura central para resistir à retração elástica.
 
Os elásticos funcionam como a força da gravidade, só que ao contrário. Em vez de empurrar o praticante para baixo, insiste em erguê-lo do chão. Por isso, a intensidade dos exercícios desenvolvidos é muito maior que em uma aula de ginástica comum. Afinal, é preciso fazer força para manter os dois pés no chão e ainda desenvolver os movimentos propostos.
 
A atividade pode ser divertida, mas, sem dúvida, é intensa e muito eficaz. Sendo possível a aplicação do HIIT – Treino Intervalado de alta intensidade – pelo orientador físico.
 
 
Além de divertido, o Bungee Workout trabalha condicionamento físico, aeróbico e muscular. Tomar impulso e dar saltos no ar, fazer flexões, afundos e agachamento; girar no próprio eixo sem tocar o chão e até plantar bananeira na parede (tudo lutando contra a força da corda) estão entre os exercícios que requerem um esforço extremo do abdome, das coxas e das pernas, além de exigirem coordenação – os movimentos devem acompanhar a batida da música.
 
Um ponto a favor (que deve atrair quem já se lesionou ou quer dar um tempo dos excessos da corrida e do crossfit) é o fato de que o exercício não causa danos às articulações, já que tem impacto zero.
 
Você já se aventurou no Bungee Dance?! Conta pra gente como foi 😉

 
 
 
 
 

Compartilhe!

PLAYLIST
POSTS MAIS LIDOS
Conheça o Bungee Dance: Treino nas alturas
A nova modalidade que mistura movimentos de dança, teatro e bungee jumping tem conquistado espaço nas academias brasileiras. Vem conhecer!
 
Provavelmente você chegou a ver um vídeo de pessoas treinando suspensas por elásticos e bateu aquela curiosidade né?! Pois bem, essa modalidade mal chegou nas terrinhas brasileiras e já ganhou novas rotinas como Flying Dance, Yoga Suspension, Ballet en L’air, Balance Yoga, entre outros.
 
Mas afinal, o que é o Bungee Dance ou Bungee Workout?
 
Criada pelo tailandês Sivavut Mathong e uma equipe de dançarinos, esse modalidade fitness surgiu em Bangkok, Tailândia na academia de dança Stories to Tales Theatre. Inventada como uma nova técnica para melhorar a silhueta e manter a forma, se tornou destaque rapidamente graças às aulas descontraídas e aos elásticos.
 
Os criadores da técnica afirmam tratar-se de um tipo de treino de alta intensidade (HIIT) e alegam que em pouco tempo resultados já começam a aparecer. O gasto energético ocorre por conta da dificuldade que o acessório provoca, ao correr com a corda o praticante tem 10 vezes mais dificuldades do que quando está correndo livremente.
 
A combinação de dança, movimentos aéreos e acrobacias junto aos elásticos faz com que você trabalhe com intensidade os músculos abdominais transversais, a flexibilidade e o fortalecimento da musculatura central – o principal estabilizador da nossa postura e importante para a realização de todos os movimentos do cotidiano – sem você perceber.
 
Ficar em forma, cuidar da saúde e se divertir 💪
 
Tudo ao mesmo tempo, essa é a proposta do Bungee Dance ou Bungee Workout!
 
Imagine ter a liberdade de realizar um salto típico do balé, fazer piruetas ou acrobacias, mas sem a preocupação de se machucar. Na aula de Bungee Dance é assim: você realiza passos de dança enquanto está presa a um cabo de bungee jumping no ponto de âncora (embaixo do cabo). Os pés ficam em contato com o chão e quanto mais você se afasta do ponto de ancoragem, mais terá que usar a sua musculatura central para resistir à retração elástica.
 
Os elásticos funcionam como a força da gravidade, só que ao contrário. Em vez de empurrar o praticante para baixo, insiste em erguê-lo do chão. Por isso, a intensidade dos exercícios desenvolvidos é muito maior que em uma aula de ginástica comum. Afinal, é preciso fazer força para manter os dois pés no chão e ainda desenvolver os movimentos propostos.
 
A atividade pode ser divertida, mas, sem dúvida, é intensa e muito eficaz. Sendo possível a aplicação do HIIT – Treino Intervalado de alta intensidade – pelo orientador físico.
 
 
Além de divertido, o Bungee Workout trabalha condicionamento físico, aeróbico e muscular. Tomar impulso e dar saltos no ar, fazer flexões, afundos e agachamento; girar no próprio eixo sem tocar o chão e até plantar bananeira na parede (tudo lutando contra a força da corda) estão entre os exercícios que requerem um esforço extremo do abdome, das coxas e das pernas, além de exigirem coordenação – os movimentos devem acompanhar a batida da música.
 
Um ponto a favor (que deve atrair quem já se lesionou ou quer dar um tempo dos excessos da corrida e do crossfit) é o fato de que o exercício não causa danos às articulações, já que tem impacto zero.
 
Você já se aventurou no Bungee Dance?! Conta pra gente como foi 😉

 
 
 
 
 

Compartilhe!
SIGA NAS REDES SOCIAIS
INSTAGRAM