Home » Dieta » Demi Lovato atribui as atividades físicas o mérito pela sua recuperação
Dieta
Demi Lovato atribui as atividades físicas o mérito pela sua recuperação

Muitas famosas passam por problemas que nem imaginávamos. Uma delas foi Demi Lovato, cantora pop que fez sucesso na Disney com o filme Camp Rock. Todos já ouviram a seguinte frase ao se tratar da história dela: “Você não sabe pelo que ela passou”. Então hoje vamos conversas justamente sobre isso, sobre como Demi superou os seus problemas e como faz para ajudar outras pessoas que passam pela mesma situação.

O início dos transtornos alimentares

Demi Lovato começou sua carreira já muito nova participando do programa do Barney e seus amigos. Nesta época, muitos de seus colegas a chamavam de gorda e Demi não compreendia o porque deles a tratarem tão mal. Assim, Demi acabou sofrendo alguns transfornos alimentares quando jovem, desenvolveu a bulimia, vomitando tudo que comia e aos 11 anos começou a se cortar. Segundo a própria cantora, isso foi uma forma de expressar a vergonha que sentia do seu próprio corpo. Aos 15 anos, Demi Lovato se tornou um ídolo teen com sua estreia no filme Camp Rock, mas o pior aconteceu: em uma das fotos que tiraram dela as suas cicatrizes apareceram e o mundo inteiro descobriu o que nem mesmo os seus pais sabiam sobre ela. Mas, isso só fez com que a cantora ficasse mais cautelosa e se cortasse em lugares onde as outras pessoas teriam dificuldade de ver. Para muitos aqui teria sido o ápice e teriam mudado a rotina e procurado ajuda, mas Demi começou a piorar. E piorou tanto a ponto de sua própria mãe ter medo do que fosse encontrar ao abrir a porta de seu quarto. + Acerte nos treinos abdominais

Quando procurou ajuda

Em seguida, Demi Lovato começou a colocar em foco o seu programa na Disney, Sunny entre estrelas e depois o seu álbum. Mas foi no tour ao lado dos Jonas Brothers que suas mutilações pioraram e Demi foi encaminhada ao Timberline Knolls, um centro de tratamento nos Estados Unidos. Por lá, Demi Lovato percebeu que realmente precisava de ajuda e notou que poderia também ajudar outras pessoas que passam pela mesma situação que ela. Com isso, a cantora escreveu o livro “365 dias do ano – Staying Strong” durante os 12 meses que ficou internada. Demi Lovato também fez uma tatuagem com os dizeres no pulso “stay strong”, em português, fique forte, para nunca esquecer do que passou.

O sucesso do tratamento: as atividades físicas

A cantora atribui sua recuperação à prática constante de exercícios físicos. O exercício físico é vital nesses tratamento e faz com que a pessoa tenha uma melhora mais acentuada, como aconteceu com Demi Lovato. Atualmente, ela permanece fazendo atividades físicas e ajuda milhares de adolescentes a gostar do seu corpo. + Treino Funcional: a nova forma de se exercitar Pelo visto os famosos também possuem boas histórias de superação para contar. Demi lovato nos inspirou superando o preconceito que criou sobre o seu próprio. Seu livro “356 dias do ano – Staying Strong” nos mostra que além de uma ótima escritora, é também inspiradora e capaz de ajudar muitas outras pessoas que passam pela mesma situação que ela. Preparados para começarem agora uma atividade física? Acesse Honeybe.com.br e compre logo a sua roupa fitness que deixarão a prática dos exercícios ainda mais fáceis!

Compartilhe!

PLAYLIST
POSTS MAIS LIDOS
Demi Lovato atribui as atividades físicas o mérito pela sua recuperação
Muitas famosas passam por problemas que nem imaginávamos. Uma delas foi Demi Lovato, cantora pop que fez sucesso na Disney com o filme Camp Rock. Todos já ouviram a seguinte frase ao se tratar da história dela: “Você não sabe pelo que ela passou”. Então hoje vamos conversas justamente sobre isso, sobre como Demi superou os seus problemas e como faz para ajudar outras pessoas que passam pela mesma situação.

O início dos transtornos alimentares

Demi Lovato começou sua carreira já muito nova participando do programa do Barney e seus amigos. Nesta época, muitos de seus colegas a chamavam de gorda e Demi não compreendia o porque deles a tratarem tão mal. Assim, Demi acabou sofrendo alguns transfornos alimentares quando jovem, desenvolveu a bulimia, vomitando tudo que comia e aos 11 anos começou a se cortar. Segundo a própria cantora, isso foi uma forma de expressar a vergonha que sentia do seu próprio corpo. Aos 15 anos, Demi Lovato se tornou um ídolo teen com sua estreia no filme Camp Rock, mas o pior aconteceu: em uma das fotos que tiraram dela as suas cicatrizes apareceram e o mundo inteiro descobriu o que nem mesmo os seus pais sabiam sobre ela. Mas, isso só fez com que a cantora ficasse mais cautelosa e se cortasse em lugares onde as outras pessoas teriam dificuldade de ver. Para muitos aqui teria sido o ápice e teriam mudado a rotina e procurado ajuda, mas Demi começou a piorar. E piorou tanto a ponto de sua própria mãe ter medo do que fosse encontrar ao abrir a porta de seu quarto. + Acerte nos treinos abdominais

Quando procurou ajuda

Em seguida, Demi Lovato começou a colocar em foco o seu programa na Disney, Sunny entre estrelas e depois o seu álbum. Mas foi no tour ao lado dos Jonas Brothers que suas mutilações pioraram e Demi foi encaminhada ao Timberline Knolls, um centro de tratamento nos Estados Unidos. Por lá, Demi Lovato percebeu que realmente precisava de ajuda e notou que poderia também ajudar outras pessoas que passam pela mesma situação que ela. Com isso, a cantora escreveu o livro “365 dias do ano – Staying Strong” durante os 12 meses que ficou internada. Demi Lovato também fez uma tatuagem com os dizeres no pulso “stay strong”, em português, fique forte, para nunca esquecer do que passou.

O sucesso do tratamento: as atividades físicas

A cantora atribui sua recuperação à prática constante de exercícios físicos. O exercício físico é vital nesses tratamento e faz com que a pessoa tenha uma melhora mais acentuada, como aconteceu com Demi Lovato. Atualmente, ela permanece fazendo atividades físicas e ajuda milhares de adolescentes a gostar do seu corpo. + Treino Funcional: a nova forma de se exercitar Pelo visto os famosos também possuem boas histórias de superação para contar. Demi lovato nos inspirou superando o preconceito que criou sobre o seu próprio. Seu livro “356 dias do ano – Staying Strong” nos mostra que além de uma ótima escritora, é também inspiradora e capaz de ajudar muitas outras pessoas que passam pela mesma situação que ela. Preparados para começarem agora uma atividade física? Acesse Honeybe.com.br e compre logo a sua roupa fitness que deixarão a prática dos exercícios ainda mais fáceis!

Compartilhe!
SIGA NAS REDES SOCIAIS
INSTAGRAM