Home » Corpo » Desequilíbrio Muscular: Como Corrigir para Evitar Lesões
Corpo
Desequilíbrio Muscular: Como Corrigir para Evitar Lesões

Você provavelmente tende a realizar tarefas diárias com o mesmo lado do corpo – por exemplo, sempre sobe os degraus com o mesmo pé primeiro, carrega sua bolsa no mesmo ombro ou pega os produtos no supermercado com a mesma mão enquanto a outra permanece no carrinho.
 
Escovando os dentes, rolando a tela do seu celular, fechando a porta do armário com o pé – todas essas ações aparentemente menores fazem uma somatória com o tempo, resultando em um lado "dominante" do corpo. E isso pode levar a desequilíbrios musculares que se traduzem em desempenho físico abaixo do ideal e até um risco maior de lesões ⚠
 
Esse domínio também pode acontecer na academia. Você pode não perceber, mas um lado pode estar fazendo mais trabalho que o outro, criando tensão muscular ao longo do caminho.
 
Desequilíbrio e Má Postura
 
Quando você tem esse tipo de diferença em um lado do corpo, isso pode afetar a postura, especialmente se esse lado for muito dominante. Você está trabalhando mais os músculos de um lado, e isso pode levar a tensão, dor crônica e outros problemas 😕
 
A má postura tem sido associada a problemas nas costas, dores de cabeça frequentes, dor nas articulações, dificuldade respiratória e até problemas de digestão e fadiga 😖
 
Se você começar a ter fraqueza muscular nesse lado dominante devido ao uso excessivo, pode se preparar para efeitos adicionais de má postura, porque seu lado não dominante pode não ser forte o suficiente para suportar o peso.
 
Basicamente, seu corpo vai tentar compensar, mas se houver um desequilíbrio significativo, isso vai resultar em correção excessiva. Isso pode levar a ainda mais tensão, especialmente nos músculos que não estão acostumados a esse nível de atividade 😢
 
Saiba mais:
 
Dicas para Corrigir Desequilíbrios
 
Além de ajudar a prevenir e resolver problemas de postura, enfrentar os desequilíbrios musculares também pode ser uma vantagem para melhorar a flexibilidade, o equilíbrio e a força, além de diminuir o risco de lesões.
 
Essas estratégias são ótimas para criar força e resistência de maneira igual para os dois lados do seu corpo:
 
1. Fazer Exercícios Unilaterais
 
Esses movimentos são exercícios de braço único ou perna que tendem a destacar desequilíbrios musculares. Por exemplo, em vez de fazer supino com uma barra, você faria um supino de "gangorra" com dois halteres, para que esteja trabalhando um lado de cada vez. Outros exemplos unilaterais incluem passadas (lunges), agachamento unipodal, box step-up, remada unilateral com haltere e rosca direta com haltere bíceps.
 
2. Comece com Seu Lado Não Dominante
 
Se você começar um treino com o lado dominante, pode ter menos energia quando se trata de mudar de lado. Além disso, seria bom que o "lado mais fraco" determine o volume do treino, para que você faça o mesmo conjunto de repetições e séries de cada lado. Isso pode não parecer suficiente para o seu lado dominante, mas o objetivo é equilibrá-los. Portanto, essa estratégia oferece ao lado mais fraco a chance de recuperar o atraso em termos de força 😉
 
3. Foco na Mobilidade
 
Às vezes, desequilíbrios são criados porque um lado não é tão flexível quanto o outro ou há problemas de mobilidade que fazem com que você privilegie um lado sobre o outro. Fazer exercícios de mobilidade de corpo inteiro pode trazer elasticidade aos tecidos, aliviando os desequilíbrios musculares.
 
4. Incluir Tarefas Diárias
 
Uma tática adicional é fazer mais tarefas diárias com seu lado não dominante. Pode parecer estranho, a princípio, escovar os dentes com a outra mão ou pisar com o pé esquerdo em vez do direito, mas com a prática, você pode começar a "equilibrar" e isso ajuda a acelerar o seu progresso.
 
Além disso, você vai criar mais consciência corporal em geral – e ainda permanecer mais presente para aumentar a atenção.
 
Como qualquer coisa, é apenas uma questão de criar bons hábitos e permanecer consistente 😉💪
 
 
Fonte:
 

Compartilhe!

PLAYLIST
POSTS MAIS LIDOS
Desequilíbrio Muscular: Como Corrigir para Evitar Lesões
Você provavelmente tende a realizar tarefas diárias com o mesmo lado do corpo – por exemplo, sempre sobe os degraus com o mesmo pé primeiro, carrega sua bolsa no mesmo ombro ou pega os produtos no supermercado com a mesma mão enquanto a outra permanece no carrinho.
 
Escovando os dentes, rolando a tela do seu celular, fechando a porta do armário com o pé – todas essas ações aparentemente menores fazem uma somatória com o tempo, resultando em um lado "dominante" do corpo. E isso pode levar a desequilíbrios musculares que se traduzem em desempenho físico abaixo do ideal e até um risco maior de lesões ⚠
 
Esse domínio também pode acontecer na academia. Você pode não perceber, mas um lado pode estar fazendo mais trabalho que o outro, criando tensão muscular ao longo do caminho.
 
Desequilíbrio e Má Postura
 
Quando você tem esse tipo de diferença em um lado do corpo, isso pode afetar a postura, especialmente se esse lado for muito dominante. Você está trabalhando mais os músculos de um lado, e isso pode levar a tensão, dor crônica e outros problemas 😕
 
A má postura tem sido associada a problemas nas costas, dores de cabeça frequentes, dor nas articulações, dificuldade respiratória e até problemas de digestão e fadiga 😖
 
Se você começar a ter fraqueza muscular nesse lado dominante devido ao uso excessivo, pode se preparar para efeitos adicionais de má postura, porque seu lado não dominante pode não ser forte o suficiente para suportar o peso.
 
Basicamente, seu corpo vai tentar compensar, mas se houver um desequilíbrio significativo, isso vai resultar em correção excessiva. Isso pode levar a ainda mais tensão, especialmente nos músculos que não estão acostumados a esse nível de atividade 😢
 
Saiba mais:
 
Dicas para Corrigir Desequilíbrios
 
Além de ajudar a prevenir e resolver problemas de postura, enfrentar os desequilíbrios musculares também pode ser uma vantagem para melhorar a flexibilidade, o equilíbrio e a força, além de diminuir o risco de lesões.
 
Essas estratégias são ótimas para criar força e resistência de maneira igual para os dois lados do seu corpo:
 
1. Fazer Exercícios Unilaterais
 
Esses movimentos são exercícios de braço único ou perna que tendem a destacar desequilíbrios musculares. Por exemplo, em vez de fazer supino com uma barra, você faria um supino de "gangorra" com dois halteres, para que esteja trabalhando um lado de cada vez. Outros exemplos unilaterais incluem passadas (lunges), agachamento unipodal, box step-up, remada unilateral com haltere e rosca direta com haltere bíceps.
 
2. Comece com Seu Lado Não Dominante
 
Se você começar um treino com o lado dominante, pode ter menos energia quando se trata de mudar de lado. Além disso, seria bom que o "lado mais fraco" determine o volume do treino, para que você faça o mesmo conjunto de repetições e séries de cada lado. Isso pode não parecer suficiente para o seu lado dominante, mas o objetivo é equilibrá-los. Portanto, essa estratégia oferece ao lado mais fraco a chance de recuperar o atraso em termos de força 😉
 
3. Foco na Mobilidade
 
Às vezes, desequilíbrios são criados porque um lado não é tão flexível quanto o outro ou há problemas de mobilidade que fazem com que você privilegie um lado sobre o outro. Fazer exercícios de mobilidade de corpo inteiro pode trazer elasticidade aos tecidos, aliviando os desequilíbrios musculares.
 
4. Incluir Tarefas Diárias
 
Uma tática adicional é fazer mais tarefas diárias com seu lado não dominante. Pode parecer estranho, a princípio, escovar os dentes com a outra mão ou pisar com o pé esquerdo em vez do direito, mas com a prática, você pode começar a "equilibrar" e isso ajuda a acelerar o seu progresso.
 
Além disso, você vai criar mais consciência corporal em geral – e ainda permanecer mais presente para aumentar a atenção.
 
Como qualquer coisa, é apenas uma questão de criar bons hábitos e permanecer consistente 😉💪
 
 
Fonte:
 

Compartilhe!
SIGA NAS REDES SOCIAIS
INSTAGRAM